Blog Descubra Petrópolis

Orquidário Binot oferece orquídeas de extrema beleza direto da “fábrica”

Imagina um local com centenas de orquídeas, de todas as cores, tipos e tamanhos, cultivadas ali mesmo, saindo fresquinhas da estufa para sua casa. Assim é o Orquidário Binot, o mais antigo do Brasil, construído pelo mesmo paisagista que planejou e executou os jardins do Museu Imperial.

Orquídeas em exposição no Orquidário Binot, em Petrópolis

A história do Orquidário Binot começou com a vinda do francês Jean Baptista Binot para o Brasil, quando chegou no Brasil, vindo para Petrópolis em 1845. Nove anos mais tarde, em 1854, foi convidado pelo próprio Imperador Dom Pedro II a idealizar os jardins de seu Palácio de Verão, atual Museu Imperial. Os Jardins do Museu Imperial são esplêndidos, sendo uma atração à parte para quem visita o Museu. O Imperador ficou tão satisfeito com o resultado que presenteou o paisagista com terras no Retiro, onde o filho do paisagista, Pedro Binot, construiu o Orquidário.

Hoje, o Orquidário Binot é uma grande atração turística de quem visita ou mora na cidade. Expõe em seu salão (um grande galpão) bancas floridas cheias de orquídeas de todos os tipos, cores e tamanhos. Grande grande parte de sua produção é direcionada ao Rio de janeiro, mas é possível visitar sua sede e comprar as orquídeas direto do produtor. No local, é cultivada boa parte das mudas, que saem da estufa para a loja ao lado.

É um negócio de família, que já está na quarta geração. O mesmo acontece com parte da clientela, que mantém a tradição de comprar no local há décadas. É comum encontrar por lá compradores que fazem questão de dizer que compram no local porque seus antepassados já o faziam e mantém, assim, a rotina de periodicamente irem ao orquidário para adquirir as novidades da estação e enfeitarem suas casas.

Atualmente, a empresa possui duas chácaras em Petrópolis e outra em Saquarema, que atendem às demandas, principalmente do Rio. Também participa de exposições em várias cidades brasileiras, já tendo inclusive levado suas espécimes para fora do Brasil. O Orquidário Binot investiu em novas estufas e modelos de irrigação e introduziu no Brasil geração de híbridos a partir das flores existentes . E também pela introdução de espécimes sul-americanas no mercado europeu.

Painel mostra todas as centenas de espécimes de orquídeas

O Orquidário Binot fica na Rua Fernandes Vieira, 390, no Retiro, bairro de Petrópolis. O espaço é aberto à visitação, com entrada franca, e funciona de segunda a sábado, de 7h às 17h. O telefone é (24) 2248-5665.

Pata mais informações, acesse aqui o site da empresa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *